Fóruns Gráficos
Créditos
» Skin obtida de The Captain Knows Best criado por Neeve, códigos acrescentados por Weird e baseado no tema The Walking Dead Theme criado por Hardrock. Graças aos suportes e tutoriais de Hardrock, Glintz e Asistencia Foractivo.
» Versão Elysium adaptada por Nêmesis, Rossin e Persephone.
Narradores
Personagens Ativos
Últimos assuntos
» Capítulo 9
Hoje à(s) 12:27 am por Jae-ki

» @moonjaesun
Ontem à(s) 9:20 pm por Moon Jae-Eun

» We are Hope
Ontem à(s) 6:44 pm por Primula Rhododendron

» @ohmygyuri
Ontem à(s) 4:26 pm por Nam Gyuri

» @han.cherry
Ontem à(s) 3:34 pm por Han Somin

» 08 de Outubro - The BBG's Family
Ontem à(s) 3:14 pm por Tulipay Kay

» [PONTUAÇÕES]
Ontem à(s) 12:41 pm por Starry Night

» @taeyoon_gb
Seg Dez 17, 2018 10:43 pm por Tae Yoon

» - Capítulo 1 -
Seg Dez 17, 2018 10:40 pm por Lara Annete Darlington


Sayonara minato tsumugi no sato yo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sayonara minato tsumugi no sato yo

Mensagem por Ayleen G em Qui Out 25, 2018 1:29 pm

Sayonara minato tsumugi no sato yo

Alegre, esperançosa e animada para a longa aventura que havia começado com a saída de sua ilha natal, Nadia navegava pelo West Blue, em um pequeno barco, sem um rumo certo, apenas seguindo as estrelas e a sua intuição ao olhar para elas. O início da jornada havia sido de muita emoção, teve que lutar para controlar seu barquinho em meio às ondas gigantescas, embora o oceano não estivesse tão agitado. Ainda assim, Nadia continuava com a mesma animação, certa de que conseguiria seus objetivos sem dificuldade.

Mas um mês havia se passado e Nadi não conseguiu ver nada além do mar, no horizonte apenas mais água e mais sol. A comida já havia terminado, a água do mesmo jeito, e agora ela sofria a insolação e estava para morrer de fome. Na verdade não havia sido um mês, mas só 2 dias desde que saiu da ilha, só que no mar o tempo parecia passar ainda mais devagar, especialmente quando a única navegante não sabia muito de navegação e comeu toda a comida que tinha nas primeiras horas.

Parecia quase uma miragem quando um navio pareceu à noite, iluminado sob a luz da lua cheia, ainda mais quando uma corda desceu assim que o barco de Nadia passou ao lado do outro. Juntando suas forças para conseguir subir (era mais drama do que fraqueza, afinal, ela podia descolar um rango ali), a garota logo estava no convés do navio, sendo recepcionada por um rapaz da mesma idade que ela, loiro e de olhos verdes, usando um óculos grande demais pro rosto.


Ignora o livro

-Você está bem? Venha, fique quieta. – ele a pegou pelo braço e conduziu pelo convés, entrando em uma porta próxima, sempre olhando para os lados para ter certeza que ninguém os tinha visto. Assim que a colocou pra dentro, entrou com ela e fechou a porta atrás de si. – Essa foi por pouco. Quem é você e por que estava sozinha naquele barco? Está maluca?

avatar
Animes
Data de nascimento :
20/10/1989

Mensagens :
63

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sayonara minato tsumugi no sato yo

Mensagem por Nadia DeWitt em Sab Out 27, 2018 4:05 pm

Nadia "Ronin" DeWitt



Nadia estava literalmente brilhando de felicidade. O cabelo vermelho e aura plasmática vermelha tinham uma forte cor ao indicar que ela estava feliz ao começar aquela jornada.

Ainda não estava bem acostumada àquela fruta que tinha comido, pra falar a verdade ela não sentia muita diferença além de que ela...brilhava.
Era um pouco esquisito na verdade.

As primeiras horas tinham sido maravilhosos. Ela seguia mais ou menos a direção que seu pai tinha indicado e não havia nada mais inspirador que o mar e o horizonte a sua frente.
Nadia tinha decidido comemorar um pouco com a comida e a bebida, mas só um pouco, afinal o pai tinha lhe dito para racionar.

"Ahhhhh mas que téeeedio!" pensou depois de comer o terceiro pão seguido. Queria ter prestado um pouco mais de atenção nas aulas daquele velhote sobre estrelas, talvez soubesse identificar melhor seu destino e seu caminho. Mas ela só queria saber de uma única estrela, as outras não importavam.

-Ahhhh eu ainda tô longe? - gritou meio manhosa ao verter a última garrafa de água. Na cabeça dela tinham se passado dias e dias, um mês inteiro, até seu cabelo já deveria ter crescido até suas pernas...nem tinha notado que seu cabelo não estava vermelho e sim azul. Sua tristeza e manha eram expressas na cor índigo que lhe percorria como uma aura.

-Mas que droga pai, por que não colocou mais comida no barco? - disse deitada no barco com as mãos sobre a barriga que já roncava. Foram só dois dias mas para ela os efeitos da fome e da sede batiam de imediato.
-Uwaaaa eu faria qualquer coisa por um pedaço de frango agora! - fez uma manha, como se alguém pudesse ver ela ali naquela situação deplorável.

Mas até que seu tormento não foi ignorado. Do nada um navio surgiu e uma corda desceu. O cabelo mudou de volta para a cor vermelha.

-Oh, minhas preces foram ouvidas, obrigada deuses das estrelas mas até que dava pra me puxar né - se segurou na corda mas fez um drama antes de começar a subir ela mesma.

"Fracote! Não me puxou!" pensou enquanto escalava sem muita dificuldade além da manha.

Caiu tropeçando quando chegou no convés.

-Yo! Valeu moleque! - disse de um jeito bem informal, como se fosse um moleque ela mesmo. Ela não mediu o volume e estranhou ele pedir silêncio.
-Ué, não é pra acordar a tripulação!? Aliás, que navio é esse aqui? - continuou falando enquanto era levada pelo estranho. Logo estavam dentro e o garoto continuava com aparente medo.

-Por pouco o que? Aliás, você tem comida aqui? - disse ignorando o que ele falava e vasculhando prateleiras, sem se ligar no barulho.

-Quem sou eu!? Haha - disse, o cabelo começando a brilhar mais vermelho ainda.

"Eu treinei a minha apresentação por dias! É agora!"

-Nadia DeWitt, a melhor Espadachim do West Blue e a futura Descobridora da Estrela de Prata!
- era uma apresentação bem longa que Nadia não fazia questão de declarar num tom de voz baixo.

-E quem é você, moleque?

avatar
Animes
Mensagens :
13

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sayonara minato tsumugi no sato yo

Mensagem por Ayleen G em Ter Out 30, 2018 3:51 pm

Sayonara minato tsumugi no sato yo

Apesar de aliviada por finalmente sair daquele barquinho e com a possibilidade de conseguir alguma comida, Nadia não entendia nada do que estava acontecendo, e estava um tanto confusa. Por que diabos aquele garoto estava pedindo tanto silêncio, e por que se encolhia toda vez que Nadia falava, com o tom de voz bem alto, como de costume? Parecia que ele estava escondendo ela, e se escondendo também. Muitos segredos a irritavam. E queria comida!

-Shhh, fica quieta!!!
- ele coloca a mão na boca dela, obrigando-a a ficar calada, ou ao menos ter a voz abafada. Ele estava todo encolhido, o que o fazia parecer menor do que ela, embora Nadia já tivesse percebido que o garoto era magro e alto. - Não quer acordar os outros!! - ele estava mesmo com medo, e aquela atitude irritava Nadia, que já não estava no melhor dos humores por conta de seu estômago vazio. E ainda por cima... ELE NÃO TINHA SEQUER PRESTADO ATENÇÃO NA SUA APRESENTAÇÃO! Uma aura negra parecia ter surgido ao redor da cabeça de Nadia com a sua decepção.

-Pode me chamar de James, mas por favor, fala mais baixo! Não quero que se torne mais uma escrava do capitão Papaco. - só de falar aquele nome, ele se encolheu, parecendo ainda menor do que já estava. Mas antes que pudesse reagir ou dizer qualquer coisa, Nadia escuta uma voz infantil, feminina, vinda de uma porta aos fundos do cômodo onde estavam.



-Onii-chan, o que está acontecendo, quem é ela?
- a menina falava com voz sonolenta, esfregando os olhos. Tal como o irmão, ela tinha os cabelos loiros, embora não fosse tão magra e nem alta.

-Dê-chan, vá buscar alguma coisa para Nadia-san, comer, tá bem?
- a menina franziu a sobrancelha e esperou uns segundos, meio confusa com o que acontecia, saindo pelo porta onde havia entrado. - Você está no navio do capitão Papaco, o maior contrabandista do West Blue! Ele não gosta muito de clandestinos no navio, mas eu tinha visto o seu barco e achei que precisasse de ajuda. Sou o médico da tripulação, e aquela ali é Delilah, minha irmã. Você está bem? O que estava fazendo sozinho num barquinho? - A garotinha voltou logo, com um prato contendo pão seco. Não era a melhor refeição do mundo, mas a julgar pela aparência, ela não devia saber fazer muita coisa.

avatar
Animes
Data de nascimento :
20/10/1989

Mensagens :
63

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sayonara minato tsumugi no sato yo

Mensagem por Nadia DeWitt em Sex Nov 02, 2018 11:35 pm

Nadia "Ronin" DeWitt


Nadia tinha um humor difícil mas não havia nada que mais a irritasse do que alguém dizendo para que ficasse quieta. Era como uma criança nesses momentos.

Quando o garoto colocou a mão na boca dela o sangue ferveu e o cabelo já estava em chamas praticamente de tão vermelho.

"Acordar os outros!? ESCUTA AQUI MOLEQUE..."

Ele nem tinha prestado atenção na apresentação dela que ela treinou por longos dois dias!!!

"Pfff, Papaco? Que nome engraçado" sentiu vontade de rir mas a raiva ainda era maior.

-Escuta aqui moleque... - ela não ia falar baixo e fechava o punho pra socar James ali mesmo mas a figura da menininha cortou o impulso de forma certeira. Sorriu pra ela quando ela se virou pra ir pegar algo pra comer.

James explicou melhor que navio era este e porque o capitão...

-Pfff, desculpa, continua pfff - ela mesma colocou a mão na boca pra não gargalhar alto.

...porque o capitão Papaco era alguém ameaçador.

Nadia pegou o pão seco e não reclamou da simplicidade do prato: estava faminta, não podia reclamar faminta.

-Primeiro... - disse de boca cheia sem a menor educação - Seu capitão tem um nome muito ridículo - se esforçou pra não rir de novo - Segundo: Vocês são escravos desse cara? Que mané, já não gosto dele

Ela acabou com o pão em algumas mordidas.

-Você não ouviu minha apresentação!? Eu vou ser a Descobridora da Estrela de Prata. Eu acabei de começar minha jornada - disse estufando o peito como se já tivesse completado o feito.

-Peraí, eu sou uma clandestina!? - disse como se fosse algo chocante nessa altura do campeonato.
-Que absurdo, um capitão deveria ficar orgulhoso de me ter em seu navio. Cade ele? - disse se levantando de onde estava
avatar
Animes
Mensagens :
13

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sayonara minato tsumugi no sato yo

Mensagem por Ayleen G em Qua Nov 07, 2018 3:28 pm

Sayonara minato tsumugi no sato yo

Cada vez que James falava sobre o navio e seu capitão, mais Nadia ficava confusa e com vontade de rir de tudo aquilo. Parecia uma espécie de brincadeira que alguém com o nome Papaco fosse perigoso e, mais ainda, tivesse escravos! Não que ela conhecesse muito do mundo afora, porém tinha o mínimo de noção para saber que escravos eram proibidos, então boa coisa aquele capitão não era. E era muito óbvio que, por mais que o nome fosse ridículo, James tinha pavor dele.

-Não ria e não fale do nome dele se não quiser perder a sua cabeça! - Delilah, que já tinha voltado com a comida, franziu as sobrancelhas para o irmão. Nadia não entendeu bem o que aquilo significava. - Não somos escravos deles, nós não. Eu sou o médico do navio principal, e Delilah é... Só minha irmã. - Nadia logo terminava com o pão, sem reclamar da simplicidade da refeição, afinal, esta serviu ao seu propósito.

-O que a Estrela de Prata? - era a voz infantil da menininha, perguntando para Nadia. Ao menos ela tinha prestado atenção na apresentação, já que James nada falava sobre.

-Claro que é uma clandestina! Ou acha que eu teria feito tudo isso se alguém tivesse me autorizado a recolher você do mar? - James agora olhava pela pequena janela circular que havia na porta de madeira. - Ele deve estar na cabine dele, bebendo, ou dormindo, ou os dois. - uma imagem mental muito estranha passou na cabeça de Nadia, de alguém fazendo ambas as coisas ao mesmo tempo.

avatar
Animes
Data de nascimento :
20/10/1989

Mensagens :
63

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sayonara minato tsumugi no sato yo

Mensagem por Nadia DeWitt em Dom Nov 18, 2018 12:01 pm

Nadia "Ronin" DeWitt



Se controlando para não gargalhar alto ali mesmo, Nadia ouvia a explicação de James sobre onde estava e quem era o capitão. Era um absurdo pensar que o cara podia ser perigoso, quanto mais ter escravos. Seria esse James tão covardão assim?

Iria protestar sobre todo aquele medo que o cara tinha mas a menininha fez a pergunta de ouro.

Os olhos de Nadia iam brilhar naquele instante e a cor vermelha intensa de seus cabelos ficaria ainda mais forte, como uma luz própria.
Se agachou pra ficar perto da garota.

-Existe uma estrela lá no alto que brilha mais forte que qualquer outra. Ninguém sabe onde e quando ela aparece, mas dizem que quem a vê pode realizar um desejo... - Nadia sabia bem o que ela pediria - Eu vou descobrir essa Estrela e meu nome vai ficar na história!

Disse com uma confiança inabalável.

-Claro que é uma clandestina! Ou acha que eu teria feito tudo isso se alguém tivesse me autorizado a recolher você do mar?

-Mas o que!? - quase gritou sem querer ao reagir àquele comentário.

-Dormindo e bebendo...eu devia era ir até ele e dizer que eu não sou uma clandestina - o médico com certeza teria um treco.
-Aliás, pra onde esse navio tá indo?

avatar
Animes
Mensagens :
13

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sayonara minato tsumugi no sato yo

Mensagem por Ayleen G em Ter Nov 20, 2018 12:26 pm

Sayonara minato tsumugi no sato yo

Depois do orgulho de poder se apresentar decentemente, Nadia ainda ficava confusa com a sua situação no navio. E, afinal, o que era ser clandestina? Ela não havia invadido o navio, foi puxada do seu barquinho para cima por um tripulante, o médico que agora tentava esconder ela a qualquer custo. Além disso, quanto tempo ele pretendia que ela ficasse escondida ali? Nadia não era do tipo que preferia permanecer oculta, provavelmente nem aguentaria mais 5 minutos ali.

-Devia nada, nós vamos ancorar em terra firme em uns dois dias, lá você sai e segue a sua vida. - crendo que Nadia permaneceria na sala, James seguiu para o fundo da sala, na direção da porta onde sua irmã estava, respondendo a pergunta de Nadia no caminho - Estamos indo para o País de Kano. Pode vir aqui pro quarto, você dorme com Dê-chan, eu durmo no c...

James parou no fim da frase, pois barulhos altos eram ouvidos, vindo do convés. Era mais de uma pessoa, dava pra perceber pelo barulho de pés e conversas, além de gargalhadas. Eles passaram pela porta, rindo, mas não chegaram a entrar no local. Nadia pode ouvir as vozes se afastando para não muito longe dali.

-Ali, aquele barquinho! Duvido que consiga aceitar com o canhão! MI HA HA HA

-Consigo acertar até com cuspe se quiser!

-Não cheio de manguaça como está JI JI JI JI.

O médico fez um sinal para que Nadia ficasse quieta, enquanto Delilah apenas entrou para o quarto, revirando seus olhos, por um momento parecendo não ter aquela aura infantil de antes.


_________________
avatar
Animes
Data de nascimento :
20/10/1989

Mensagens :
63

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sayonara minato tsumugi no sato yo

Mensagem por Nadia DeWitt em Seg Nov 26, 2018 10:45 pm

Nadia "Ronin" DeWitt



Ainda com o peito meio estufado de orgulho ao se apresentar, ignorando a maioria do que o médico falava claro, mas aquela situação de ficar escondida e ser clandestina lhe deixava incomodada.
Nadia nunca foi de se conter, talvez só nas vezes que o pai falou mais duro com ela, mas alguém tão explosiva desconhecia como ficar na dela por muito tempo.

-Devia nada, nós vamos ancorar em terra firme em uns dois dias, lá você sai e segue a sua vida.

Que ultraje! Nadia queria que ele pelo menos dissesse que ela ia seguir com sua jornada rumo a glória da descoberta.

Mas a fala dele foi interrompida pelos barulhos que vinham de fora.

Os cabelos de Nadia ficavam ainda mais vermelhos, como se fosse feito de fogo, ao ouvir que eles estavam mirando em seu barquinho.
Não que fosse um barquinho especial ou algo do tipo, mas era o barquinho dela!

-Ei ei! Aquele barco é meu! - disse sentindo a cabeça queimando.

Mas a fúria era cortada pelo que Nadia ainda nem estava acostumada: uma onda de tristeza repentina fazia seu cabelo mudar de cor para um azul oceano. A cabeça queimando de repente começava a ficar bem fria.


-Foi o barco que meu pai me deu! - protestou com os olhos marejando. As lágrimas caiam sem que ela controlasse. Os cabelos vivos no tom azulado agora. A tarefa de fazer ela ficar quieta ficava cada vez mais complicada

avatar
Animes
Mensagens :
13

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sayonara minato tsumugi no sato yo

Mensagem por Ayleen G em Sab Dez 01, 2018 11:34 pm

Sayonara minato tsumugi no sato yo

Enquanto permaneciam parados e em silêncio, ouvindo os homens do lado de fora, Nadia mudava abruptamente suas feições e a cor de seu cabelo, mostrando através dos poderes passivos de sua akuma que ela estava ficando triste por perder o seu barquinho que, mesmo pequeno, ainda assim era de grande valor sentimental. A transformação não passou desapercebida por James, que arregalou os olhos e abriu a boca, espantado com a estranha mudança.

-O que... Como você... Seu cabelo está azul! - ele esfregou os olhos, incrédulo. - Estava vermelho há segundos atrás!

Contudo, os dois foram interrompidos pela entrada súbita de uma pessoa, que fechou a porta tão rápido quanto abriu. Nenhum deles tinha percebido ela se aproximando da porta, afinal, o barulho dos homens no convés era bem alto, riam e esbravejavam, bêbados. Quem entrou era uma mulher, de estatura mediana, corpo esguio e cabelos negros e curtos. Tinha roupas de uma mulher dos mares, calça apertada, botas e uma blusa solta que apertava com uma cinta larga na cintura. Um estranho e surrado cachecol vermelho enrolava-se em seu pescoço e lhe tapa a parte de baixo do rosto.


-Alligator, é hora... - ela pareceu notar a "intrusa" ali e franziu o cenho, surpresa. - Quem é a garota? Bem, não importa. Chegou a hora.

-O que, agora? Você nem avisou que...

-Eu disse para ficarem alerta que eu usaria nossa melhor oportunidade! - interrompeu a outra. - Onde está Black Fox?


-Estou aqui Niya.
- a voz que vinha da porta que dava para o quarto não era nada infantil como Nadia havia ouvido há alguns minutos. Uma garota com cabelos roxos e curtos, com vestes da mesma cor e uma espada de lâmina dupla estava ali. Lembrava muito a pequena Delilah, que tinha saído do local há não muito tempo, mas aquela garotinha que estava em sua frente... Tinha o olhar determinado e feroz, e parecia segurar muito bem a arma que tinha em suas mãos.

-Ótimo. Escutem, eu consegui colocar sonífero na comida de Papaco, mas o velho é duro na queda, demorou horas até pegar no sono, e provavelmente será acordado se houver muito barulho no convés. Matem os homens que estiverem sozinhos, de preferência os que ainda estiverem dormindo. Papaco deve ficar por último. Black Fox... - A menina ergueu a cabeça para a outra mulher. - Não mate Papaco se o encontrar. Precisamos dele vivo.


-Estamos prontos, Niya-san. - James, ou melhor, Alligator, estava mesmo ao lado de Nadia, agora vestia uma roupa verde colada ao corpo, e uma máscara que tapava todo o rosto, exceto seus olhos. Obviamente, Nadia não estendia bulhufas o que se passava ali. Teria talvez alguns segundos para entender, ou nem daria o trabalho?

_________________
avatar
Animes
Data de nascimento :
20/10/1989

Mensagens :
63

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sayonara minato tsumugi no sato yo

Mensagem por Nadia DeWitt em Qua Dez 05, 2018 3:19 pm

Nadia "Ronin" DeWitt



Nadia estava triste demais para reagir muito bem a surpresa de James quanto ao seu “poder”. Ela segurou em seu colarinho para chorar mais:

-Sabe o que estava a segundos atrás? Meu barquinho!

Sua sessão de tristeza repentina era interrompida pela chegada repentina daquela mulher. Não estava entendendo nada: Alligator? Black Fox? TINHA MAIS GENTE ALI?

Ficou calada para entender o que era aquela conversa. Sonífero para o chefe do barco? Isso era um motim?
Os cabelos mudavam de cor novamente, de volta para o vermelho fogo.

”Um motim!? Como nas histórias de piratas! se lembrava de lendas e histórias que adorava quando menor.
Mas talvez a situação fosse menos heróica que nos contos.

A mente deu um nó e voltou ao ouvir algo em específico.

-Peraí, matar? - o detalhe que Nadia não se sentia confortável.

Viu James com a roupa colada. Ele parecia até maneiro agora, e não o esquisitão de óculos de segundos atrás.

-Ei ei ei! Alguém pode me explicar o que tá rolando aqui? - perguntou fazendo o sinal de tempo com as mãos (como um T). De qualquer forma ia seguir eles, mesmo que não fosse atacar ninguém agora.
Sentia um frio na barriga: o que quer que estivesse acontecendo era algo sério, perigoso e emocionante ao mesmo tempo

avatar
Animes
Mensagens :
13

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sayonara minato tsumugi no sato yo

Mensagem por Ayleen G em Dom Dez 09, 2018 3:22 pm

Sayonara minato tsumugi no sato yo

À medida que Nadia começava a entender que havia algo acontecendo (embora ainda não soube exatamente o que), seu cabelo voltava ao tom avermelhado de antes. Estava ficando animada com a possibilidade de participar de um motim, embora não fosse nem de longe um ato heróico. Nas histórias as batalhas entre piratas pareciam emocionantes, mas do jeito que a mulher recém-chegada falava, aquilo seria mais uma chacina do que um combate.

Segundos antes que os três saíssem pela porta para começar a matança, Nadia recuperou as palavras e os interrompeu. Niya cruzou os braços (Nadia podia ver duas adagas em suas mãos) e olhou para o convés através da pequena janela circular da porta. Não parecia estar com vontade de explicar o que estava acontecendo, então foi James, ou melhor, Alligator, quem se aproximou de Nadia.

-Eu não vou poder dar detalhes agora, Nadia-san. O capitão Papaco é um contrabandista muito conhecido nos blues, e é um dos principais traficantes de escravos também. Nossos pais foram sequestrados há muitos anos, e as informações que temos é de que Papaco foi quem os comprou e vendeu em algum lugar da Grand Line. Estamos já há anos infiltrados em sua tripulação, e esta noite é quando entraremos em ação de verdade. Precisamos do Papaco para saber onde estão nossos pais.

-Chega de conversa, não podemos perder mais tempo. - era Niya quem falava. Ela puxou o cachecol vermelho para cima, deixando apenas os olhos expostos. - Se quiser vir conosco, não fique no meu caminho. E não mate Papaco. - dizendo isso, ela abriu a porta e praticamente desapareceu perante os olhos de Nadia. Black Fox foi a próxima, não sem antes lançar um sorriso sádico para os dois que ainda estavam ali.

-Vai ser divertido. - e saiu.

-Nadia-san, se quiser pode ficar aqui. Não precisa se envolver com nossos problemas. - James ajeitou a máscara e saiu da cabine logo em seguida, deixando Nadia sozinha. Os homens, no convés, ainda riam e atiravam com alguma arma de foto (a julgar pelo barulho). Pelos gritos, o barquinho de Nadia ainda não havia afundado...


_________________
avatar
Animes
Data de nascimento :
20/10/1989

Mensagens :
63

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sayonara minato tsumugi no sato yo

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum