Fóruns Gráficos
Créditos
» Skin obtida de The Captain Knows Best criado por Neeve, códigos acrescentados por Weird e baseado no tema The Walking Dead Theme criado por Hardrock. Graças aos suportes e tutoriais de Hardrock, Glintz e Asistencia Foractivo.
» Versão Elysium adaptada por Nêmesis, Rossin e Persephone.
Narradores
Personagens Ativos
Últimos assuntos
» Capítulo 9
Hoje à(s) 12:27 am por Jae-ki

» @moonjaesun
Ontem à(s) 9:20 pm por Moon Jae-Eun

» We are Hope
Ontem à(s) 6:44 pm por Primula Rhododendron

» @ohmygyuri
Ontem à(s) 4:26 pm por Nam Gyuri

» @han.cherry
Ontem à(s) 3:34 pm por Han Somin

» 08 de Outubro - The BBG's Family
Ontem à(s) 3:14 pm por Tulipay Kay

» [PONTUAÇÕES]
Ontem à(s) 12:41 pm por Starry Night

» @taeyoon_gb
Seg Dez 17, 2018 10:43 pm por Tae Yoon

» - Capítulo 1 -
Seg Dez 17, 2018 10:40 pm por Lara Annete Darlington


08 de Outubro - The BBG's Family

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

08 de Outubro - The BBG's Family

Mensagem por Starry Night em Seg Nov 19, 2018 4:00 pm

90 Dias

Segunda-Feira, 08 de Outubro de 2018. 8:30 A.M.



A residência das Bubble Gum realmente podia ser considerado o lar para a maioria daquelas meninas - fosse por não ter uma casa mesmo para a qual voltar, fosse por questões afetivas. Todas eram muito diferentes, tinham temperamentos únicos. Alguns eram mais difíceis do que outros, mas todas, sem exceção, se aceitavam e se protegiam do modo que conheciam.

Ao longo daqueles anos de convivência, poucas vezes elas chegaram a discutir de modo mais acalorado. Yubin era a mais esquentada de todas, isso era um fato - também era a mais polêmica. Porém, para o bem do grupo, ela estava tentando mudar e ser uma pessoa calma e tranquila...Aquilo que chamavam de modelo de perfeição.

O Debut delas tinha sido recente, de certo modo, completando dois meses em Outubro, mas outros projetos e músicas começavam a surgir. Havia rumores de que teriam uma conversa em breve para discutir músicas solos e mini-units. Não que o grupo fosse se separar, mas tinham o projeto de expandir os talentos delas no mundo musical e extrair o máximo que pudessem disso.

Bubble Gum foi um dos grupos de fama daquele ano. Seria difícil apontar qual tinha sido o melhor debut, até porque quando não havia uma empresa de peso incrível como a K.T do Oh My Venus, havia grupos masculinos muito carismáticos e renomes dando um degrau para elas - o caso dos Sons of Neptune para o White Pearl e os Golden Boys para elas. O grupo masculino considerado “irmão” do Bubble Gum era, simplesmente, o maior grupo coreano. A fama deles tinha se expandido além mar e a indústria do K-Pop se fortalecia graças à divulgação deles e o quanto o público os adorava.

O ideal era que as meninas se desvinculassem deles quando fosse possível, mas, por enquanto, precisavam administrar aquele conveniente apoio.

A agenda do Bubble Gum começariam por volta das 11 A.M, mas isso não queria dizer que elas tivessem muito tempo para descansar. Tinham ficado acordadas até tarde na noite anterior vendo as apresentações de Inkigayo e, assim, como metade da Coreia, viram o vexame ao vivo que Tori dos Seven Wonders passou quando caiu no meio do palco e não se levantou rápido como era o esperado. As redes sociais estavam cheias de memes e vídeos do ocorrido. Tinham aqueles que faziam chacota - principalmente grupos rivais - mas aqueles que sabiam como era difícil lidar com desafios daquele mundo não achava muita graça desse tipo de coisa.

Nenhuma menina do grupo de Tulipay achou graça daquilo. Pelo contrário, foram solidárias com Jae Eun. A primeira a se manifestar nas redes sociais logo naquela manhã foi Cho Ah - de longe, a mais popular do grupo. Quando Tulipay acordasse, veria que a menina estava sentada na varanda do apartamento falando com o celular no que parecia ser uma live.

Falava bem séria para a tela.

“Vocês que ficam ofendendo as pessoas de modo gratuito por conta de um tombo deveriam se envergonhar de si mesmos. Acham que é fácil encarar um palco? Nós treinamos duro todos os dias de nossas vidas, dando suor e sangue para fazer um show impecável para o público. Mas nós somos humanos, sabe? E se vocês que estão fazendo chacota da Tori-unnie por isso não tem a mínima empatia por elas, voltem algumas casas no jogo da vida porque vocês estão falhando. Ao invés de usar as redes sociais para coisas boas, muitas pessoas usam do anonimato para falarem esses absurdos. Tenham um pouco mais de empatia, apenas para variar, que tal?”


Ela falava bem brava, apesar de seu rosto ser adorável. Goeun, a líder do grupo, suspirou ao lado de Tulipay.

- Eu só espero que ela tenha paciência para lidar com os xingamentos que vai receber dessa live..


Yubin chegou também, jogando o enorme cabelo ruivo para trás.

- O que? Xingar quem? Quem eu tenho que xingar dessa vez, hm?


- Ninguém. - Goeun enfiou um pedaço de maçã na boca de Yubin para se calar. - Fique quieta porque você está por um triz, hm?

- Hunf...Mas a Chocho consegue se dar bem mesmo xingando as pessoas. Olha aquela carinha fofa dela. Eu tenho cara de vad.... - Ia completar a palavra, mas teve a boca ocupada por mais um pedaço de maçã.

- Cala a boca, jebal!

Yubin riu, trocando um olhar com Tulipay. Sentada no sofá da sala, Sookie ligou a tv, na hora que o programava começava a falar exatamente do mesmo caso. Diminuiu um pouco para não atrapalhar o discurso acalorado de Cho Ah que continuava do lado de fora.

- E ontem tivemos o comeback do grupo Oh My Venus. As rookies, ainda podemos chamá-las assim?

- Sim, elas são rookies...ahahaha

- Pois parecem veteranas, enfim, elas mudaram completamente seu conceito desde que a doce Juny foi diagnosticada com nódulos na garganta e precisou sair do grupo. O comeback conseguiu superar a primeira aparição delas em público. A KT vem fazendo um trabalho espetacular com elas…

- Isso é verdade, mas o mesmo não se pode dizer do Seven Wonders? O fandom que me desculpe, mas o que eles vão alegar dessa vez?

- Tori de novo, não é? Pois bem, ela caiu no meio de Excuse Me! Os passos nem eram complexos, mas ela caiu e ficou no chão durante a parte dela. Se não fosse Lola e Sally, provavelmente podiam pedir o disband delas ali.

- Eu acho que aconteceu alguma coisa…

- Claro que aconteceu!! Ela caiu!!

Os outros deram uma bela risada enquanto efeitos sonoros bobos ocupavam a tela por conta do comentário óbvio da apresentadora.

- Não nesse sentido!! Aigoo, mas acho que tinha algo errado com o piso ou o sapato dela…

- Você é uma Wonderlandsz, né? Certeza! Tem quantos anos que ouvimos essas desculpas? Eu não engulo mais! Eis aqui meu recado para Tori: aprenda a dançar, pelo bem dos Seven Wonders. O seu vocal é maravilhoso, mas a dança um lixo!

[Acompanhe os acontecimentos através da Linha Temporal
Pegue seu template >Aqui<]


avatar
Dorama
Localização :
Coréia do Sul

Mensagens :
87

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 08 de Outubro - The BBG's Family

Mensagem por Tulipay Kay em Ter Nov 20, 2018 2:16 pm

08/10/2018 - 8:30 A.M.
We got it all in our hands now
So can you handle what we're all about?

shining so bright yet the light's fading

Suas horas de sono haviam sido bastante curtas, mas nada com que ela já não estivesse acostumada. Eun-Kyung, conhecida nacionalmente como Tulipay Kay, herdeira do idol dos anos 90, SajoLord. Desde antes de nascer já estava programada para ser uma estrela, uma idol k-pop, cantora, dançarina, modelo, atriz, e tudo aquilo que a ajudasse a alcançar a fama. A boa fama, diga-se de passagem, já que ela também aprendeu como falar, escrever, sorrir e se portar. Como uma princesa, uma boneca, perfeita aos olhos de seus fãs. Era uma pressão enorme para uma criança, e continuava sendo para a então adolescente/jovem adulta Eun-Kyung. Agora já não sofria tanto, acostumara-se com a pressão diária e com as tietagens histérias. Embora no fundo, bem lá no fundo, ela sentisse um aperto no peito toda vez que tinha que fazer algo que não desejava, dar entrevistas, aparecer na televisão, fazer shows... Era para aquela vida que nascera, mas não era a que queria...

Na noite anterior, quando presenciou o tombo ao vivo de Tori, do grupo Seven Wonders, Eun-Kyung tampou os olhos com as mãos, como se estivesse vendo um filme de terror, em uma daquelas cenas que você vê o vilão atacar um dos personagens desavisados. Sentiu seu estômago revirar e sua cabeça girar, como se ela própria tivesse caído em cima do palco. Após alguns segundos, espiou através dos dedos as expressões de suas colegas. Nenhuma delas parecia ter se divertido ou ironizado aquela cena. Pelo contrário, mostraram-se solidárias com ela. Assim que as apresentações da noite terminaram, todas foram dormir. Eun-Kyung ainda digeria tudo. Esperava, do fundo do seu coração, que aquilo jamais acontecesse com ela. Tori tinha uma voz maravilhosa, e sua falta de coordenação na dança se explicava por isso, mas Tulipay Kay... Não tinha nem metade da sua popularidade, jamais poderia permitir que algo assim acontecesse ou sua carreira terminaria no mesmo momento.

Bom.... Seria tão ruim assim?

Afastando aqueles pensamentos da cabeça, a garota caiu no sono, afinal estar acostumada com a rotina não significava que não se sentisse cansada no fim da noite. Teve um sono sem sonhos, mas leve, de forma que parecia apenas ter fechado os olhos quando o despertador tocou. Com os olhos inchados, tratou de vestir um moletom e amarrar os cabelos desgrenhados. Olhou a tela do seu celular. 8 horas da manhã. O dia terminaria tarde novamente, sabia disso, mas não podia enrolar mais na cama, aquela preguiça matinal Eun-Kyung nunca tivera o luxo de sentir. Viu seu reflexo na tela do celular, e perceber que aquele look havia lhe caído bem. Tirou uma foto e postou no Instagram. Era bom que seus fãs se sentissem próximos a ela, principalmente nas redes sociais. Melhor assim do que aquele assédio exagerado nas ruas. Ao menos atrás da tela ela não precisava fingir um sorriso amigável.

Assim que saiu do quarto, ouviu a voz de Cho Ah vinda da varanda. Ao que parecia, ela estava gravando um vídeo ou live, e como o assunto era sério, era bom não interromper. Eun-Kyung foi até a cozinha, pegou o chá de menta que adorava e mordeu uma maçã, levando-a na boca de volta até a sala, onde as outras estavam reunidas, olhando para Cho Ah. Eun-Kyung mastigou o pedaço de maçã e a pousou em seu colo, segurança a xícara de chá com as duas mãos, para esquentá-las. Sentou no sofá, encolhendo as pernas e colocando os pés em cima do sofá, para tentar se esquentar mais. Ouvindo o comentário de Goeun, soprou a fumaça da xícara, permanecendo em silêncio, pensativa. Mas Yubin logo chegou daquele jeito extravagante dela, fazendo com que as outras fossem obrigadas a reagir ao seu comentário.

-Hey, essa maçã é minha! - pegou a maçã que Goeun tinha enfiado na boca de Yubin para calá-la, e olhou carrancuda para ela. Era tudo drama, é claro, não estava brava de verdade. Assim que mordeu a maçã, já estava sorrindo novamente. - Espero que a Chocho saiba o que está fazendo... - Eun-Kyung concordava com as palavras dela sobre os acontecimentos, mas não gostava de se expor sobre tais coisas. Cho Ah tinha seus motivos, e sua popularidade a permitia fazer essas coisas, seus fãs a amavam incondicionalmente, e a defenderiam dos comentários maldosos. Mas Tulipay Kay... Ela era tímida demais para fazer isto. Covarde demais.

Ouvindo os comentários do programa de televisão, Eun-Kyung suspirou. Era injusto tudo aquilo. Detestava participar disso, desse mundo malicioso, dessa torcida contra o sucesso dos outros. Que mal tinha em Tori não saber dançar? Por que simplesmente não a deixavam cantar, já que era o que fazia (muito) bem. Não, ela era uma idol, era obrigada a ser perfeita. Tinha que aprender a dançar...

Com mais um suspiro, Eun-Kyung deixou de lado sua xícara e sua maçã, e pegou o celular em seu bolso. Ser filha de SajoLord tinha lá suas vantagens, COm duas ou três mensagens ela tinha conseguido o número de telefone de Tori. não queria expor em suas redes sociais seu posicionamento, preferia fingir que nem tinha tomado conhecimento do tombo. Mas sentia-se na obrigação de mandar uma mensagem de apoio para Tori. E foi o que fez. De uma maneira sincera e não invasiva, enviou o recado que queria para a menina. Não esperava resposta, porém sentiu-se satisfeita consigo mesma pelo gesto.

-Alguém pode me lembrar qual vai ser nosso primeiro compromisso?
- disse ela, tentando desviar um pouco o assunto. E também porque tinha esquecido o que iam fazer. Com mais uma mordida na maçã e um gole do chá, aguardou que alguém lhe respondesse.
avatar
Dorama
Localização :
Seul

Data de nascimento :
03/12/2000

Mensagens :
42

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 08 de Outubro - The BBG's Family

Mensagem por Starry Night em Qui Nov 22, 2018 7:03 pm

90 Dias

Segunda-Feira, 08 de Outubro de 2018. 8:37 A.M.



Goeun encarou Eun Kyung com uma expressão ligeiramente desesperada quando a maçã foi tirada de Yubin. Para a líder, o caso era um pouco urgente ali! Ou era a maçã ou a voz nada baixa da dançarina do grupo poderia chegar até a live. Havia certo receio do que Yubin era capaz de falar ou fazer, sua popularidade não era das melhores e isso podia afetar não apenas o grupo, mas a si mesma. Por mais liberal e afrontosa que ela aparentasse ser, a verdade é que todas sabiam como ficava sentida quando lida desaforos ou comentários maldosos a seu respeito. Muitas vezes, levava a fama sem ter feito a cama.

- Foi uma urgência- Goeun resumiu o seu gesto de afastar a maçã da menina.

- Mas está muito boa mesmo. Se quiser me dar mais um pedaço, eu aceito. - Piscou para Tulip, mas sabia que receberia uma cara feia em resposta. A menina era do tipo amante de maçãs e era quase uma ofensa quando tentavam pegar as dela. Cada um com suas manias doidas!

Os comentários sobre Cho Ah continuaram. Goeun sabia que a menina estava fazendo o certo, mas achava melhor conversarem sobre aquela livre e o uso das redes sociais depois. Preferia ser ela a ter esse tipo de conversa ao invés de um superior mais aborrecido - não que achasse que ela fosse agressiva como Yubin, mas todos sabiam que o 7Wonders, principalmente Tori, vez ou outra, sofriam com um intenso rage que crescia e morria na mesma velocidade.

O programa de TV abafou um pouco aquela debate que tinham entre si. Elas meneavam negativamente enquanto Yena vinha do quarto com uma cara de sono, acompanhada de Sookie. Taeha voltou da rua com uma sacola de compras da loja de conveniências. A menina usava moletom e um boné, roupas bem confortáveis para passar despercebida na rua. Retirou o mesmo e olhou para as meninas.

- Bom dia… - Comentou, mas a voz morreu enquanto olhava para a televisão.

Yebin revirou os olhos e foi diminuindo o volume do programa enquanto falavam de Inkigayo. Infelizmente, elas precisavam continuar alertas, no caso de comentarem algo sobre elas. No domingo, elas tiveram um fanmeeting e também começaram os ensaios da próxima música.

- Bom dia, bom dia… - Yena e Sookie falaram ao mesmo tempo, acenando meio cansadas.

- Bom, agora que Taetae chegou com os ingredientes, vou terminar o nosso café da manhã. - Goeun começou a se afastar da sala.

- Fighting, unnie! - Yena fechou as mãos, torcendo e se aproximou de Tulip, sentando-se ao seu lado.


(Tulip é o Snorlax -q)

Repousou a cabeça no ombro de Tulip, ainda bastante cansada. Muito embora não parecesse, ela era a mais nova do grupo, com apenas 18 anos e muita história para contar. Não viu o que a unnie tinha digitado no celular, muito menos para quem, apenas se acomodou ali para aproveitar mais um tempo de descanso.

- Pronto, fuuuuu… - Cho Ah entrou em casa cheia de atitude, soltando o ar por um biquinho. - Desabafei. Aah, quero nem saber! Estava aborrecida com essas coisas e precisei falar.

- Cuidado, hein… - Yebin aconselhou.

- É, eu sei...Mas quem conhece nossa história e gosta da gente, vai entender porque precisei falar. Uwa, eu fiquei tão chateada com as coisas que li...Estava me fazendo muito mal.

Sentou-se numa das poltronas. Logo Tulipay se veria cercada pelas meninas. Yena continuava com a cabeça apoiada em seu ombro esquerdo enquanto Cho Ah sentou-se numa poltrona à sua direita. Yebin deu a volta no sofá e sentou-se no braço do mesmo, ao lado de Yena. Já Sookie ficou num puf no chão enquanto Taeha foi ajudar na cozinha. A pergunta dela foi respondida por Yena ainda de olhos fechados.

- Hoje é segunda, né? Ne, hoje vamos testar figurino para apresentação na quarta. Temos reunião com o chefinho também…

- E você, Goeun e eu vamos participar de um programa à noite. Parece que vai ter outro grupo também, os SoN, acho. - Cho Ah respondeu e tão logo o fez, se arrependeu um pouco de ter falado por conta de Yubin.

A ruiva fez um bico, ligeiramente chateado, mas logo deu de ombros.


- Tudo bem, ainda bem que eu não fui chamada mesmo. É melhor assim…

As meninas ficaram um pouco sem jeito do que falar porque sabiam que os problemas de Yubin começaram quando seu namoro com Henry - o menino mais famoso dos SoN - veio à público. Para piorar, ela que ficou mal falada enquanto ele continuava sendo um verdadeiro astro.

- Y… - Cho Ah tentou falar, mas logo foi interrompida.

- UNNIEEEEE!! CADE O CAFÉ??? - A ruiva começou a berrar enquanto se levantava e ia atrás dela na cozinha.

As quatro meninas que ficaram na sala, ficaram um pouco em silêncio, se encarando vez ou outra. Cho Ah estava um pouco envergonhada por ter citado aquele grupo, não queria ver uma de suas irmãs assim...A história ainda a magoava muito.


[Enquanto os nomes ainda são confusos, eu deixei linkado as imagens delas na 1ª vez que são citadas! Caso queira relembrar os perfis: BBG

Sobre os SoN: Aqui

Quando tiver resposta da Tori, eu colo aqui!

Ficaram na sala: Tulip, ChoAh, Yena e Sookie

Acompanhe os acontecimentos através da Linha Temporal

Pegue seu template >Aqui<]


avatar
Dorama
Localização :
Coréia do Sul

Mensagens :
87

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 08 de Outubro - The BBG's Family

Mensagem por Tulipay Kay em Seg Nov 26, 2018 4:11 pm

08/10/2018 - 8:30 A.M.
We got it all in our hands now
So can you handle what we're all about?

shining so bright yet the light's fading

Enquanto digitava a mensagem de apoio para Tori, as outras meninas do Bubble Gum surgiam na sala, vindas de diferentes lugares. Yena, que vinha do quarto com Sookie, sentou-se ao lado de Eun Kyung, pousando a cabeça em seu ombro. Tulipay não se incomodou nem um pouco com aquele gesto, e sua mão afagou por alguns segundos a cabeça da sonolenta colega. Taeha também chegou, vinda da rua com a sacola de compras.

-Bom dia...
- Eun Kyung cumprimentou todas conforme foram chegando, ainda mordendo a maçã e tomando o seu chá. Aquilo era apenas um desjejum, afinal, o café da manhã das meninas tinha que ser muito reforçado, por só os deuses sabiam que hora iriam almoçar depois que começassem a agenda. Algumas meninas saíram para providenciar tudo, enquanto Eun Kyung permaneceu na sala com as demais. Teve sua pergunta respondida por Yena e Cho Ah, que tinha finalizado sua live.

Tulipay limitou-se a terminar sua maçã enquanto as outras conversavam. Não era de falar muito, e aquele assunto todo era delicado demais. Era claro que concordava com todas as outras que as críticas estavam seno exageradas, mas também sabia que a exigência no mundo dos idols era muito grande, especialmente para as mulheres. Yebin sabia bem o que isso significava, e era visível em seu rosto que ainda estava magoada com todo o ocorrido. Com razão.

Suspirou. Tulipay não fazia ideia se algum dia sentiria sequer coragem e vontade de se envolver com alguém sob o risco de sofrer boicote como sua colega. Era tão ruim, tão injusto, não podia nem fazer o que gostava sem ter certeza que alguém estava a espionando, nem mesmo praticar o seu tiro-ao-alvo e sair com sues amigos Sook e Moon... Queria ser anônima apenas um dia, só pra poder curtir tudo ao lado deles. Mas sabia que isso jamais lhe seria permitido, não enquanto fosse uma idol.

-Não fique chateada, Cho Ah, ela ia saber de qualquer jeito, e talvez ficasse mais aborrecida se soubesse através das notícias do que de nós... - sua maçã já tinha terminado, então ela pousou o restante em cima da mesinha, com cuidado pra não deixar Yena desconfortável. - E então, qual foi a repercussão da sua live? Muitos comentários ruins? - estava, de fato, curiosa para saber como fora. Vez ou outra dava uma olhada na televisão, para ver se passava algo sobre o Bubble Gum.
avatar
Dorama
Localização :
Seul

Data de nascimento :
03/12/2000

Mensagens :
42

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 08 de Outubro - The BBG's Family

Mensagem por Starry Night em Qui Nov 29, 2018 12:14 am

90 Dias

Segunda-Feira, 08 de Outubro de 2018. 9:09 A.M.



Após a saída de Yubin, o clima na sala ficou um pouco tenso. As meninas se encaravam em silêncio enquanto Cho Ah mordia o lábio inferior, sentindo-se mal pela amiga. Não foi culpa dela, todos sabiam, até porque elas não podiam controlar as próprias agendas. Porém, talvez tenha sido um pouco insensível ao falar o nome do grupo, sabendo do passado belicoso que envolvia a amiga.

Franziu um pouquinho o nariz diante da resposta de Eun Kyung e a encarou por um instante.

- É, eu sei...Mas sempre é um pouco estranho falar deles, não é? Quer dizer...Você entendeu, né?

Tombou um pouco a cabeça. Era a sensação de injustiça porque Henry continuou fazendo muito sucesso enquanto a ex-namorada ainda penava um pouco para escapar de todo aquele hate. O pior é que os SoN nem eram responsáveis por isso, mas o garoto era um dos principais membros e ficava difícil não associar. Aquele grupo tinha sim muito talento, mas o mestiço tinha algo a mais que atraía multidões. A alma de um idol, mas tinha sido um péssimo namorado - elas sabiam ainda que Yubin não ficasse repetindo essa história o tempo todo.

Quanto aos comentários negativos, ela ponderou um pouco e acabou rindo antes mesmo de dar a resposta.

- Eu só falei e sai correndo. - Riu da própria sinceridade.

Yena e Sookie arregalaram os olhos e começaram a rir também, escondendo a boca.

- Ah, eu fiquei muito brava e nem lembro mais o que falei, mas não me arrependo. Depois eu vejo o que disseram. Se os meus fãs não entenderem o porquê dos meus argumentos, não são meus fãs de verdade...Eu já caí muitas vezes, inclusive quando fui reprovada na Starfish. Algo que era meu sonho na época, sabe? Então, sei como dói na alma e não podia ser indiferente…Talvez eu seja punida, mas estou pronta para isso.

Disse de modo confiante. Os produtores não gostavam dessa manifestação tão livre sobre assuntos polêmicos, porém a I.M era muito mais flexível nesse quesito. Para a I.M era importante humanizar os idols e aproximá-los dos fãs. Foi assim que os Golden Boys construíram sua carreira através da narrativa. Era assim que desejavam fazer com o Bubble Gum.

Enquanto continuavam ali na sala, EunKyung recebeu uma resposta de Tori. Tinha sido bem mais rápida do que tinha imaginado, demonstrando que, infelizmente, a unnie* estava sim próxima ao celular e atenta às coisas que diziam dela. EunKyung tomou um tempo lendo enquanto GoEun chamava as meninas para o café da manhã. Depois que lesse, podia se juntar a elas de novo.

Send
08:32
Tori Seven Wonders
Tori
Olá Tulipay. Podemos nunca nos ter conhecido pessoalmente mas é um prazer conhecê-la assim. Até fico sem palavras, depois de pessoas que não esperava a defender-me assim. Vi a live da sua amiga Choa, se ela estiver ao seu lado por favor agradeça-lhe por mim
Duas desconhecidas a dar-me forças quando o mundo me quer deitar abaixo é algo encorajador. Já não parece assim tão mau...
E obrigada, mas você também tem uma voz maravilhosa! Tiveram um ótimo debut, só vos posso desejar muito sucesso. Espero que nunca tenham de lidar com o mesmo tipo de coisa. Um dia destes espero que nos possamos conhecer melhor, frente a frente


Diferente da sala, a cozinha foi um espaço mais amistoso para as meninas. Estavam tranquilas e animadas para aquele dia. Fariam um teste de figurino para ver se seria necessário apertar ou fazer dieta - todas torciam para que precisassem apertar porque indicava que a dieta estava dando certo. Como consequência, o café da manhã delas era sem glúten ou lactose, basicamente chá, frutas e um cardápio não-engordativo. Às vezes era a única refeição que elas faziam e, mesmo assim, não abusavam dela.

Yena se sentia desconfortável porque quase sempre reclamavam do tamanho de sua coxa. Olhou um pouco aflita por cima do moletom e esperava que pudesse usar short ou saia dessa vez, porque significava que tinha melhorado e podia se sentir bem com as coxas magrinhas.

Musiquinha à caminho da emissora:


Após o café da manhã, elas prepararam apenas o básico de roupa e maquiagem para saírem dali. Geralmente iam confortáveis mesmo e, no frio do outono, adoravam se encasacar em moletom quentinho que podia passar muito bem por pijama. Claro que sempre havia o risco dos papparazzi de plantão, mas elas se juntavam num bolinho e seguiam assim até a van. Quem foi buscá-las foi o secretário da produtora porque ela estava resolvendo questões de horários com as próximas apresentações.

Seguiriam até o estúdio do programa, onde além da maquiagem, também fariam um ensaio no palco para marcação e teste de luz. Esse programa focado em debuts e comebacks não era ao vivo, de modo que a edição melhorava as pequenas imperfeições. Os cenários eram montados conforme o clipe e, no caso delas que tinham dois clipes tão opostos, era necessário ainda mais cuidado.

Apesar de muitas vezes ser um mundo sufocante para Eun Kyung, essa era a rotina que ela conhecia e vinha ficando cada vez mais apertada. Seus medos eram reais, por conta dos exemplos que tinha bem pertinho de si, mas ao mesmo tempo, ela tinha ganhado seis novas amigas que formavam uma pequena família. Sentia falta de seus melhores amigos, mas as Bubble Gum tinham muita sintonia fora dos palcos também, sabiam ser conselheiras, cúmplices e companheiras. Os gênios eram diversos, mas ainda assim, era bem melhor do que o ambiente que tinha em casa.

Eun Kyung nem mesmo pôde frequentar um colégio como uma menina normal, imagine fazer amizades como uma jovem normal. Os gêmeos tinham sido um pequeno milagre, mas as BBG foram a real benção.

Tão logo chegaram ao prédio da emissora, elas foram recebidas por Lim Joomi, a produtora delas. A mulher estava com um fone wi-fi falando com alguém enquanto mexia no celular. Joomi era uma pessoa de aura bastante simpática e carismática, mas tinha muita energia e às vezes se atrapalhava bastante com isso. No momento, parecia perto de um surto, mas parou por um instante e sorriu às meninas, fazendo sinal para que seguissem com ela.


- Vamos, vamos...Teste teste!

Ela às vezes falava duas vezes a mesma palavra, mas nem era por ser gaga. Parecia mais um tic nervoso mesmo.

- Pali pali (rapido, rapido)! - Disse enquanto fazia sinal para que as meninas seguissem.


[BBG: AQUI

Sobre os SoN: Aqui

Acompanhe os acontecimentos através da Linha Temporal

Pegue seu template >Aqui<]


avatar
Dorama
Localização :
Coréia do Sul

Mensagens :
87

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 08 de Outubro - The BBG's Family

Mensagem por Tulipay Kay em Seg Dez 03, 2018 11:55 am

08/10/2018 - 8:30 A.M.
We got it all in our hands now
So can you handle what we're all about?

shining so bright yet the light's fading

Ao continuarem o assunto de Henry, Eun Kyung apenas torceu o nariz de desgosto. Provavelmente por causa da história dele com Yubin, a garota tinha um certo "ranço" com ele e com quase todos da SoN. Sabia que era infantil e imprudente desgostar de um grupo todo por causa da atitude de um deles, do mais famoso deles, aliás, mas ainda assim apenas mais um integrante da banda. Os outros podiam nem ser tão ruins, mas Tulipay evitava qualquer tipo de contato, e sentia uma raiva imensa do que Henry fizera com Yubin. Ainda assim, ali estava ela, tendo que se preparar para estar no mesmo local com o SoN...

-Cho Ah... Não se preocupe, nós estaremos aqui pra você, se alguém quiser brigar contigo. Fighting, unnie! - Eun Kyung ergueu o braço ao final da frase, com um sorriso nos lábios. Tinha derrubado a cabeça de Sookie de seu ombro com aquele gesto, mas isso só gerou um pouco mais de risadas. Ao menos achava que tinha conseguido quebrar o clima ruim... Mas ainda enquanto conversavam, seu telefone vibrou, anunciada a chegada da resposta de Tori. Não pode evitar o sorriso, mas ficou em dúvida se deveria mostrar para Cho Ah... Detestava lembrar suas colegas que seu pai era famoso e lhe dava algumas facilidades no mundo artístico. Contudo, imaginar que aquilo deixaria Cho Ah contente, acabou optando por mostrar a tela de seu celular para ela no caminho para a cozinha, esperando por uma oportunidade que as outras não vissem. - Viu só, ela gostou do seu apoio. Só não conte pras meninas, está bem?

O café-da-manhã foi curto e muito saudável, nada com que Tulipay já não estivesse acostumada desde criança: uma dieta bem elaborada para mantê-la no peso ideal. Vai ver era por isso que tinha desenvolvido uma verdadeira adoração por maçãs: tinha que fazer daquilo algo prazeroso, ou então morreria de desgosto. Ali o clima estava mais leve, e permitiu que elas rissem com as apreensões sobre os próprios corpos. Eun Kyung sorriu e, por um instante, parou para observar cada uma das meninas. Tinha muita sorte por estar entre elas, eram como uma família, verdadeiras amigas. O mais perto que tinha disso no passado fora com os dois irmãos, Moon e Sook. Ao menos por isso poderia agradecer ao seu pai.

Eun Kyung trocou-se rapidamente antes de saírem de casa para começar os compromissos da agenda. Vestia um confortável moletom amarelo e calças jeans, além de um tênis esportivo. Toda a pomposidade viria no estúdio, onde seriam maquiadas e vestidas apropriadamente. Tulipay nem precisava se dar ao trabalho de escolher as roupas para isso.

-Bom diiia Joomie Joomie!
- falou em coro com as meninas, era uma piada interna que tinham por causa da maneira que a produtora falava. Ela gostava muito da mulher, que permitia algumas brincadeiras para deixar o clima mais leve. Sem falar mais nada, Eun Kyung seguiu com as demais para onde Lim Joomie a indicava.
avatar
Dorama
Localização :
Seul

Data de nascimento :
03/12/2000

Mensagens :
42

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 08 de Outubro - The BBG's Family

Mensagem por Starry Night em Seg Dez 03, 2018 8:30 pm

90 Dias

Segunda-Feira, 08 de Outubro de 2018. 9:30 A.M.



Cho Ah ficou realmente feliz por ver aquela mensagem. Quando leu, ela nem associou o número dela ao fato de Eun Kyung ter bons contatos graças ao seu pai famoso. Estava tão chocada porque Tori, uma de suas inspirações, tinha falado dela que ficou mais de três segundo com os olhos arregalados e boca aberta. Não deu um passo até dar pulinhos no mesmo lugar e agarrar Eun Kyung meio de lado, a achando uma fada fadíssima por conseguir se comunicar com ela.

Apesar de querer gritar para o mundo, ela se conteve. Sabia que a amiga era bastante discreta e não seria ela a cometer tal indiscrição, para que gerasse qualquer tipo de especulação até chegarem no ponto sensível que era a relação dela com o pai.

O café da manhã era uma das únicas refeições certas que ela tinham, por isso tentavam comer bem, mas dentro dos limites permitidos e imposto por seu ramo e público alvo. Não precisavam se arrumar colocando muita coisa para ir até a emissora porque teria todo um preparo de roupa e maquiagem esperando por elas lá. Teriam que gravar as duas músicas nos próximos dias para que fosse ao ar no programa de quarta-feira, por isso seria ainda mais trabalhoso para a produção e elas também.  O caminho foi bastante tranquilo, com um trânsito bom para aquele horário, porém, quando saíram, logo encontraram o furacão Lim Joomi.

A produtora delas era uma pessoa muito querida por todas as meninas. Ela obedecia ordens de cima, mas sempre estava defendendo suas meninas que, às vezes tratava como irmãs mais novas e noutras como filhas mesmo. Não era muito velha - nem tinha chegado na casa dos 40 - mas tinha um comportamento muito protetor, maternal, além de todo o carisma. O curioso foi que muita gente mais experiente podia ser chamado para produzir aquele novo projeto e, mesmo assim, o CEO optou por ela. Muito da filosofia da empresa de humanizar os idols ao invés de endeusá-los - ainda que, os fandoms os considerasse deuses mesmo.

Tão logo encontrou as meninas, ela começou a acelerá-las. Elas responderam ao bom dia com muito bom grado, mas naquela manhã, a voz de Tulipay foi mais alta para chamá-la pelo apelido. As meninas arregalaram os olhos, levando a mão até a boca quando Joomie as encarou. Relaxaram quando ela sorriu para todas e respondeu.

- Hunf!! Kay-Kay! Pali Pali! Hoje temos muito trabalho mesmo, meninas! - Deixou que elas fossem mais à frente. - Ahm...Kyungie, você tem visitas…

Fez uma carinha meio receosa e tão logo chegou no estúdio, ela reconheceu aquele tipo de balbúrdia que apenas uma celebridade como Sajolord conseguia proporcionar. O pior era que ele ainda era muito querido e carismático com todos. Ninguém conhecia o pai como Tulipay conhecia, muito menos a forma que sua família interagia. Ele estava cercado por alguns velhos conhecidos, conversando, dando tapinhas nos ombros até que viu as Bubble Gum ali. As meninas o reverenciaram cheias de mesuras e ele sorriu de volta para elas, permitindo que seguissem...menos a filha.

- Yah! Aí está a verdadeira estrela!- Apontou para a filha, falando mais alto para que as meninas do grupo também ouvissem.

Nenhuma novidade até aí. Joomie trocou um breve olhar com a menina, sendo que foi a última a ficar.

- Não vou tomar muito do tempo dela, Joomie. Só uma palavrinha com dicas...Ela logo vai lá se arrumar, apesar de não carecer de esforços para ser perfeita.

- Araso…(entendi). Se demorar muito, eu venho buscá-la, Sajo-sunbae - Nem teve medo da encarada que recebeu, seguindo para o camarim.

Tão logo teve um tempinho, ele começou.


- Já conversei com os câmeras, você terá o maior tempo aparecendo durante as apresentações. Espero que logo a coloquem como visual e face do grupo. Ainda mais agora que a sua amiga fez uma live como aquelas...Espero que tenham a educação de corrigi-la em breve.- Olhou para a filha.  - Lembre-se de sorrir sempre e encantar a câmera, Tulipay. Você é minha filha e não espero menos que a perfeição vinda de você.

[BBG: AQUI

Sobre os SoN: Aqui

Acompanhe os acontecimentos através da Linha Temporal

Pegue seu template >Aqui<]


avatar
Dorama
Localização :
Coréia do Sul

Mensagens :
87

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 08 de Outubro - The BBG's Family

Mensagem por Tulipay Kay em Sex Dez 07, 2018 8:07 am

08/10/2018 - 09:30 A.M.
We got it all in our hands now
So can you handle what we're all about?

shining so bright yet the light's fading

Eun Kyung estava, de certo modo, mais feliz depois da reação de Cho Ah. Tinha utilizado a fama de seu pai a seu favor, algo que ela detestava. Será que era por isso que sua relação com ele era tão sensível? Será não era por não querer ser um idol, mas por tentar, a todo custo, sair debaixo de sua sombra? Até mesmo seu nome artístico havia sido escolhido por ele e por sua mãe, e até então o mais "rebelde" que ela havia feito era aprender atirar com armas de fogo e arco e flecha...

Falando nele, quando Joomie anunciou que havia visitas, um calafrio percorreu o corpo de Eun Kyung. Quem além de SajoLord apareceria ali no estúdio sem ser barrado pelos seguranças? Que os deuses fossem misericordioso e sua mãe não estivesse junto. Na verdade, queria mesmo que sua tia estivesse ali, mas aquilo era praticamente impossível. Ela só aparecia em locais como esses quando a sobrinha convidava (o que quase sempre acontecia em suas estreias e gravações). Aliás, já estava mais do que na hora de mandar algumas mensagens para ela. Tinha saudades.

-Oi pai. - Tulipay Kay se encolheu quando o pai começou a falar bem alto, para que as meninas ouvissem. Sua vontade era de mandá-lo calar a boca, mas é claro que jamais faria isso. Só de pensar na possibilidade ela já tinha dores de cabeça. - Está bem, pai, obrigada, não vou decepcioná-lo. - Abriu o melhor sorriso que conseguia, mesmo tímida. Seria melhor se ela ficasse no fundo, só cantando... Não queria, de fato, agradecer, porém evitava a todo custo qualquer tipo de discussão com o homem, e contrariá-lo na frente de amigos era, certamente, um pedido para que tivessem uma discussão acalorada mais tarde. É claro que ele jamais seria rude com ela na frente deles, e era nesses momentos que ela aproveitava para pedir algo.

-Ahn, a-beo-ji (pai). Minha agenda está meio apertada hoje. Será que eu poderia ir ver você e eo-meo-ni (mãe) algum dia desses? - era bem óbvio que ela não queria ver eles, mas sim ir até onde moravam, para conseguir escapar e ver seus amigos, talvez até mesmo praticar um pouco de tiro-ao-alvo. Aquela oportunidade era única, ele raramente negava um pedido dela na frente de amigos, para parecer um ótimo pai. Ainda mais quando ela falava de um jeito tão doce e inocente...
avatar
Dorama
Localização :
Seul

Data de nascimento :
03/12/2000

Mensagens :
42

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 08 de Outubro - The BBG's Family

Mensagem por Starry Night em Qua Dez 12, 2018 7:14 pm

90 Dias

Segunda-Feira, 08 de Outubro de 2018. 9:35 A.M.



Sajolord não poupava esforços para elevar a estrela de sua filha. Como uma descendente do sangue de um idol, havia muito peso nos ombros dela. As meninas do grupo nunca tinham parado para falar abertamente com Tulipay sobre isso, mas ela tinha a sensação de que elas achavam alguma coisa sim. Porque todo mundo sempre achava alguma coisa. Sua vida inteira tinha sido assim. Mas, no fim, ela acabava tendo mais receio dos julgamentos do que o que realmente acontecia na casa das BubbleGum.

Cho Ah, por exemplo, não tinha associado a mensagem de Tori ao poder de influência que ela tinha graças ao pai extremamente famoso, mas ainda que tivesse reparado, provavelmente não diria nada.

Muito embora Tulipay tenha sido a última a entrar no grupo e adquirido o posto de main vocal, as meninas conheciam além da filha de Sajolord. No palco, ela sempre arrasava, mas fora deles, era uma menina tímida, bondosa, generosa e que só ficava brava quando pegavam as maçãs dela. A sorte de Eun Kyung, talvez, tenha sido cair num grupo de pessoas que já experimentaram a derrota muitas vezes na vida e que conheciam além das aparências.

Tudo bem que num primeiro momento, o nome dela pesava, mas era um grupo que permitia uma segunda chance e ver além do que o rótulo dizia. Seria como encontrar a essência. Por isso mesmo parecia uma grande grosseria o pai agir daquele jeito. Ao invés de se sentir iluminada, elogiada ou agraciada, ela sentia era vergonha. Porque sabia os esforços que as meninas faziam e como eram tão ou mais talentosa que ela.

O pai não se importava nem um pouco com essa opinião - e nem era uma novidade para ela.

Depois que as meninas se retiraram para o camarim, ele a levou para um lugar um pouco mais quieto. Não era segredo, mas ele queria falar exatamente o que a filha deveria fazer e o tempo de câmera que ela teria. Mesmo que estivessem falando em privado, ainda havia um certo trânsito de pessoas - toda a equipe de produção - e os ouvidos eram de tuberculosos ali, escutando à quilômetros de distância, se duvidasse.

- Claro que você não vai me decepcionar. - Não pareceu apenas uma sentença e um fundo de ameaça. Se ela o decepcionasse, bastava começar a cortar o pouco que ela tinha conseguido na vida. E começava bem ali.

Sajolord deu uma risada divertida com o pedido dela e a encarou.

- Você acha que um idol tem tempo para família, Tulip? Ani, você precisa de divulgação. Sua mãe nem tem tempo de sentir saudades com o tanto de vezes que você aparece na tv e nas notícias. Fique tranquila quanto a isso e foque no seu trabalho, araso (entendido)? Se você fizer um bom trabalho, talvez possa ganhar algumas horas de descanso no seu aniversário. Até lá, foque no que realmente importa: sua carreira.

O pai não pensava que ela que poderia sentir saudades de casa e dos amigos. Na verdade, ele já tinha uma noção de que não era bem da família que ela sentia falta. Afinal, com exceção da tia dela, todos os outros só eram família por sangue. Era uma família bem fria e capa de revista, no fim das contas. Por isso mesmo ele não se preocupava com sentimentalismo.


- Agora vá. Não se esqueça de sorrir, hm? Estarei observando o ensaio e cuidando de tudo para você.

Fez sinal de dispensa para que ela seguisse até o camarim. Joomie até apareceu no corredor, cumprindo a promessa de que iria atrás dela, caso achasse que estavam demorando demais. Sajolord a encarou com certa graça quando viu que ela estava ali e indicou para que a filha fosse com a produtora.

Joomie olhou feio para o idol e abriu um dos braços, praticamente como se fosse uma asa e abraçando Eun Kyung de lado para que fossem juntas até o camarim.

- gwaenchanh-eungeoya? (Está tudo bem?). Sabe o que tem no camarim? Maçãs! As meninas já guardaram todinhas para você…

Disse de modo divertido e quase maternal enquanto a conduzia de volta até a nova família dela.

[BBG: AQUI

Acompanhe os acontecimentos através da Linha Temporal

Pegue seu template >Aqui<]


avatar
Dorama
Localização :
Coréia do Sul

Mensagens :
87

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 08 de Outubro - The BBG's Family

Mensagem por Tulipay Kay Ontem à(s) 3:14 pm

08/10/2018 - 09:30 A.M.
We got it all in our hands now
So can you handle what we're all about?

shining so bright yet the light's fading

Por um instante, só unzinho, Eun Kyung acreditou que seu plano funcionaria, que seu pai acataria o pedido da amorosa e carinhosa filha, feito na frente de tantas pessoas, e a deixaria passar ao menos um diazinho na casa dos pais (onde, é claro, ela daria um jeito de escapulir para ver a tia e os amigos). Mas que inocente, que boba fora... Não só teve seu pedido negado, quanto ainda teve que escutar uma espécie de sermão do pai: era uma artista, não deveria ter tempo nem para pensar em coisas fúteis como passar um tempo com a família que, aliás, também não tinha tempo para ela.

Depois disso, Tulipay cruzou os braços e baixou a cabeça, apenas concordando com o que o pai falava, com leves acenos positivos. Não adiantava argumentar, ele tinha trabalhado duro para fazer a filha chegar onde estava, e continuaria isto até que chegasse ao topo com ele próprio em seus dias de glória. Pouco se importava se era o mesmo que ela queria.

Foi então que uma pequena parte do que ele falou iluminou o seu rosto: talvez tivesse algumas horas de descanso em seu aniversário. Seu aniversário seria em 2 meses, pouco menos! Isto foi o suficiente para que ela descruzasse os braços e abrisse um largo sorriso para o pai, coisa bastante rara de acontecer.  Ela o abraçou, de uma maneira autêntica e feliz. Saiu dando pulinhos de felicidade.

-Claro papai, não vou decepcioná-lo! Eu te vejo no meu aniversário. Agora tenho que ir, não posso deixar todos esperando!
- mais que depressa ela saiu dali, evitando que qualquer outra coisa que o pai dissesse tirasse sua felicidade. Iria ver Moon Moon!Sua tia Joo Lee! E... Sook!! - Sim, Joomie Jommie, está tudo ótimo!  - abraçou a mulher de lado, seu sorriso abriu ainda mais quando ouviu sobre as maçãs. Devorá-las seria a primeira coisa que faria quando chegasse ao camarim.
avatar
Dorama
Localização :
Seul

Data de nascimento :
03/12/2000

Mensagens :
42

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 08 de Outubro - The BBG's Family

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum