Elysium Fields

O Elysium Fields foi fundado em Fevereiro de 2018, com o intuito de ser um jogo entre amigos, mas cresceu para se tornar não um único jogo RPG, mas vários. Desta forma, pode encontrar um jogo para jogar, ou narrar o seu próprio jogo, com as suas regras. A maioria dos nossos jogos são guiados por um narrador, que começa a história, desenvolve, e dá um fim à mesma. Os jogadores são os seus personagens principais.
Joo Ri
Hae Shin
Ji Yeon

Moderação

Últimos assuntos
» You’ve been dreaming of a monster
por Raron Hoje à(s) 7:53 am

» Outros
por The Village Ontem à(s) 9:10 pm

» Lojas Locais
por The Village Ontem à(s) 8:18 pm

» Capítulo 3 - Festival de Primavera
por Joseon RPG Ontem à(s) 7:26 pm

» 02. Date Night
por Kwon Young Jae Ontem à(s) 1:58 pm

» Jun Sun e Tulipay: Awaken
por Nang Eun Kyung Ontem à(s) 1:17 pm

» Mortal Genesis
por Kye Jin Sang Ontem à(s) 4:48 am

» Gyuri: 04. A Princess is Born
por Nam Gyuri Ter Set 17, 2019 10:00 pm

» 02. Yes or Yes
por Shin Jaejin Ter Set 17, 2019 3:30 pm

» Ong: 03. Picture in my head
por Ong Joo Heon Ter Set 17, 2019 1:28 am

» Luna: 03. PaintMe
por Luna Minn Seg Set 16, 2019 11:34 pm

» Jeon Nayoung's Song
por Starry Night Seg Set 16, 2019 7:44 pm

» Klaham Chaiyasan's Song
por Starry Night Seg Set 16, 2019 7:43 pm

» Song Hyemi
por The Village Seg Set 16, 2019 4:03 pm

» Kang Ujin
por The Village Seg Set 16, 2019 3:53 pm

» Ok Beom Seok
por The Village Seg Set 16, 2019 1:22 pm

» Myeong Bokgu
por The Village Seg Set 16, 2019 12:14 pm

» Ahn Yura
por The Village Seg Set 16, 2019 11:49 am

» Hong Seo Ri
por The Village Seg Set 16, 2019 11:33 am

» Kim Hyomin
por The Village Dom Set 15, 2019 11:23 pm

» Soo Kyung Suk
por The Village Dom Set 15, 2019 10:45 pm

» PLANTÃO SN: Salto temporal, desafio da Nari e muito mais...
por Klaham Chaiyasan Dom Set 15, 2019 6:00 pm

» Teste de TPTs
por Klaham Chaiyasan Dom Set 15, 2019 5:47 pm

» 02. Clap Your Hands
por The Crown RPG Dom Set 15, 2019 4:41 pm

» All sink or swim
por Ayleen G Dom Set 15, 2019 10:00 am

» Nari e Suwon: 03. Gossip
por Park Nari Sab Set 14, 2019 9:21 pm

» Cena Coletiva 01: Into The Deep Blue
por Kang Seung Hee Sab Set 14, 2019 5:10 pm

» @chae.kim
por Kim Chaeyeong Sab Set 14, 2019 12:59 am

» 02. Don't Mess Up My Tempo
por Son Ilgook Sex Set 13, 2019 11:34 pm

» Shin Woo Hyun
por The Village Qui Set 12, 2019 9:57 pm

» O Registro
por Ok Beom Seok Qui Set 12, 2019 2:37 pm

» Off-Chat
por Hae Shin Qui Set 12, 2019 1:36 pm

» INSCRIÇÕES
por Lee Su-ji Qui Set 12, 2019 1:26 pm

» Somin: 03. Interlude
por Starry Night Qui Set 12, 2019 2:49 am

» Tori: 03. Me Fisrt
por Starry Night Qui Set 12, 2019 2:32 am

» Game of Survival
por Ayleen G Qua Set 11, 2019 10:08 am

» [DADOS] Onde estrelas nascem ou morrem
por Jeon Nayoung Qua Set 11, 2019 12:50 am

» Capítulo 2 - Velhos conhecidos
por Jeong Sae Rin Ter Set 10, 2019 11:51 pm

» Capítulo 2 - Noivado
por Joseon RPG Ter Set 10, 2019 5:35 pm

» Capítulo 2 - A família real
por Joseon RPG Ter Set 10, 2019 5:19 pm

» The Heirs: Primeiras impressões
por The Crown RPG Ter Set 10, 2019 1:37 am

» Doce Setembro: O Adeus do Crown.
por The Crown RPG Ter Set 10, 2019 12:41 am

» @itswowls
por Shin Jaejin Seg Set 09, 2019 7:59 pm

» @mustlovepetz
por Kwon Soo Jin Seg Set 09, 2019 4:56 pm

» NPCs
por Joseon RPG Dom Set 08, 2019 12:17 pm

» Park Nari's Song
por Park Nari Sab Set 07, 2019 11:10 pm

» Gong Suwon's Song
por Gong Suwon Sab Set 07, 2019 9:22 pm

» Bares e Restaurantes
por The Village Sab Set 07, 2019 7:54 pm

» Park Jun Sun's Song
por Park Jun Sun Sab Set 07, 2019 5:58 pm

» DISTRIBUIÇÃO E GASTO DE XP
por Luna Minn Sab Set 07, 2019 10:04 am

Conectar-se

Esqueci minha senha

Recursos Gráficos

Parceiros

Créditos

A skin foi totalmente criada pela Ross (Ji Yeon), para uso exclusivo no Elysium Fields. A designer agradece à Persephone (Hae Shin) e à Luxi (Joo Ri) pela paciência para a aturar, a Flerex pelos códigos de cores e campos de perfil que tornaram tudo mais fácil e a FontAwesome pelos ícones. Os gráficos para imagens foram obtidas do Google e editadas pela Ross. As tramas são criações originais e de responsabilidade de seus respectivos narradores. O blog Dorama Resenhas é nosso parceiro-irmão e todo seu conteúdo é feito por suas escritoras através de uma pesquisa séria de fontes confiáveis, além da exposição de opiniões próprias. Plágio é crime. Não copie dos nossos conteúdos originais. Se for tomar inspiração, por favor mencione.
Moderação
One Piece
Starry Night
SKIE
The Crown
Joseon RPG
Sokcho's Tale
The Village
Convidados

Nari: 02. Agreement

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

Relembrando a primeira mensagem :

Nari

11 de Outubro de 2018. 6:02 A.M

Três dias tinham se passado desde que Nari vivenciara o pior dia de sua vida, mas, de algum modo, ela ainda se sentia presa nele. Sua teimosia e ganância por notícia - e reconhecimento de sua profissão - a fizeram ficar demais. Ver demais. Sentir demais. E perder absolutamente tudo em questão de instantes.

Não havia lembranças do que ocorreu depois de seu desmaio quando o organismo não mais suportou assistir ou vivenciar tudo aquilo que estava acontecendo. Acabou que foi mais uma das muitas vítimas que precisaram de atendimento médico e quando acordou no hospital, foi o rosto de seu irmão Jun Ho que ela encontrou. Assim que soube do ocorrido - como toda a Coreia e o mundo - ele ficou desesperado atrás de qualquer informação ou notícia de sua noona. Nari fora levada para o Hospital de Seul - os casos graves eram levados para lá, mas aconteceu do desmaio dela ocorrer perto de um transporte e ninguém perdeu tempo se perguntando se era extremamente grave ou não. Fato era que horas depois, ela despertou na enfermaria.

Fisicamente, ela estava bem. Por algum milagre, ela não possuía nenhum arranhão - apenas uma pequena concussão que gerava uma incômoda dor de cabeça. Mas comparado a outros, ela estava em excelente estado.

Físico.

Porque o seu psicológico estava, de certo modo, quebrado. Mesmo agora com os olhos abertos, aquelas imagens não a abandonaram e ficou perto de um surto por conta do choque do que viu. Precisou tomar um calmante e sua alta aconteceu apenas no dia seguinte. Jun Ho se comprometeu a cuidar dela, pois era o mínimo que podia fazer por sua irmã mais velha.

Os pais queriam sair de Wonju para a capital, mas eles estavam atolados de serviço e Jun Ho os tranquilizava, mandando notícias. Pelo menos achou que daria conta do que acontecia.

No entanto, algo estava definitivamente errado com sua tão enérgica noona. Os pesadelos tomaram suas noites a ponto de, em alguns momentos, não dormir parecia melhor do que deixar que o cansaço falasse mais alto. Ela acabava apagando porque o corpo não aguentava, mas sempre acabava se arrependendo. Não obstante os pesadelos que a atormentavam, havia também a culpa e angústia por não receber notícias de Yeosang. Parecia que ele simplesmente tinha sumido no mundo e ninguém era capaz de localizá-lo - na cabeça dela, isso parecia mais real. Se estava vivo ou morto, era um grande mistério, mas suas ligações não eram atendidas!

Estava emocionalmente devastada.

E profissionalmente irada.

A tragédia também resultou numa câmera perdida. Todos os arquivos que conseguiu daquele dia estavam na memória dela. Chegou a encontrá-la no achados e perdidos, mas não inteira. Sua câmera e o dispositivo de armazenamento estavam destruídos. Nem os mais otimistas profissionais técnicos garantiam que havia alguma chance de salvar os arquivos. Logo quando tinha prometido para sua editora-chefe que tinha imagens fortes por ser uma das testemunhas do acidente.

O ódio da chefe foi tamanho que Nari simplesmente ganhou uma licença. Certamente ninguém queria olhar para a cara dela até segunda ordem. Tinha sido melhor, até certo ponto. Porque agora ela realmente precisava colocar a mente em ordem.

As primeiras horas da manhã chegaram sem que ela conseguisse dormir. Os pesadelos eram cruéis demais. Felizmente, um cheiro tentador começou a vir da cozinha, indicando que Park Jun Ho estava se empenhando em preparar um café digno para sua noona que não comia nem se alimentava direito há muito tempo.

Todos podiam dar as costas para ela.

Mas sua família nunca faria isso.

Jun Ho era estudante de culinária e tinha se mudado, temporariamente, para o apartamento e Nari. Só a deixava sozinha para as aulas que tinha obrigação de comparecer. Tinha alguns dias de folga acumulado em seu trabalho num bistrô famosinho de Hongdae e usou o tempo para cuidar dela. Claro que os dias estavam acabando e não havia ainda qualquer sinal de avanço e melhora.

Porém, o irmão era otimista e esperava que a comida levasse um pouquinho de amor e sabor de casa para ela.

Nari: 02. Agreement - Página 2 C089dd03e334fad7d52b084d6fd87255

Starry Night
Capa perfil : Nari: 02. Agreement - Página 2 C475e03b0512944f045a2c72a39e7279
Frase : Do whatever you want, even if you’re mean and you make me sad. You need to be yourself, even if I'm not feeling well and it's sad ending
Estado Civil : Solteiro (a)
Idade : 27
Gif : Nari: 02. Agreement - Página 2 MT5Li6t
Apelido : Narrador
Jogo : Starry Night
Mensagens : 545
Avatar perfil : Nari: 02. Agreement - Página 2 HdDMEXv
Cabeçalho posts : https://i.imgur.com/mT5Li6t.gif
Ver perfil do usuário
Starry Night

Voltar ao Topo Ir em baixo


Nari

15 de Outubro de 2018.

Uma risada divertida escapou, uma vez mais, de Eun Kwang diante de todo aquele dramatismo de Nari. Não resistiu e acabou por comentar, encerrando o tópico - E mesmo ciente de todos os riscos, voce aceitou… - Olhou para ela meneando a cabeça. - Determinação, hã?

A risada virou um sorriso charmoso no canto dos lábios enquanto ele se corrigia em seu lugar. Ouviu mais um pouco sobre as expectativas, sem acrescentar mais nada. Estava se comportando bastante, mas ela parecia acender em seu íntimo uma necessidade constante de provocá-la com palavras e expressões dúbias. O convite para o jantar foi nesse tom e a resposta dela gerou uma nova expressão nele. Misteriosa, no mínimo. -  O que não conseguimos com influência e dinheiro na Coréia do Sul, minha cara? Privacidade é um privilégio de poucos.

Finalizou porque todas as dúvidas de Nari - ou pelo menos a maioria delas, fossem sobre bolsa ou o real motivo de se reunirem ali - seriam respondidas com a chegada da verdadeira anfitriã. Uma Park assim como ela, mas de uma linhagem muito mais distinta e poderosa, longe da concepção de “comum”, apesar do sobrenome ser um dos mais comuns do país.

Ah não, não era qualquer pessoa.

Era alguém capaz de fazer a sempre provocante Park Nari hesitar e ponderar, pelo menos uma vez mais, sobre o que era certo ou não ser dito.

E, de repente, estava feito.

O início foi bastante aprazível, risos e trocas de gracejos. Os pedidos seriam encaminhados para a cozinha e o espumante rosé servido, mesmo que a jornalista usasse apenas para brindar. Contudo, havia uma condição para que a brincadeira continuasse: nada de celulares ou escutas. E não, não havia escolhas. Tanto que além do celular, também haveria uma pequena inspeção.

Yoo Rim observava com total atenção enquanto Eun Kwang mexia em sua taça - agora ela estava achando perigoso de verdade? Um detector de metal seria passado por ela e a bolsa, mas como não havia nada, o clima tenso logo se foi e eles voltaram a conversar. No caso, o palco era da atriz.

- Bom que seja todas ouvidos...Porque acho que vai gostar do que tenho para dizer. - Yoo Rim iniciou seu monólogo.  - Fico satisfeita por saber que gosta de assuntos confidenciais. E de exclusividade, você gosta? - Sorriu - Estou prestes a oferecer a você uma aventura um tanto quanto lucrativa quanto chocante e perigosa. Como alguém que vive atrás de informações sobre a vida de famosos, creio que esteja a par de muitas teorias, a maioria delas absurdas, se quer saber. Mas se uma pessoa acredita, já basta para disseminar a fofoca, não é?

Mexeu em sua taça também, corrigindo a posição através de sua base.

- E se eu te disser que alguns rumores não são tão absurdos assim? Park Nari-ssi...A vida de um artista é feita de sacrifícios e de cobranças por uma postura perfeita, como exemplo. Pois existe uma noite onde não temos regras, muito menos limites. Voce ficaria chocada se visse com seus próprios olhos o que acontece lá, mas apenas quem possui um convite exclusivo tem permissão para ir. - Parecia lamentar. - Algo impossível para alguém como voce conseguir, pois veja só...Voce é o pesadelo de minha classe.

Jornalistas x famosos.

Yoo Rim deu uma risadinha da própria piada.

- Mas, depois de ouvir sobre a sua história de perseverança e o que você foi capaz de fazer para alcançar um objetivo…Eish…
- Tombou um pouco a cabeça para o lado  - Talvez o que tenho a oferecer seja ainda mais impactante que o acidente dos Golden Boys. Voce ficaria rica com essa história, justamente porque ela é perigosa e quanto o maior o risco, maior o ganho, não é?

Começou a mexer em sua bolsa tão elogiada, retirando de lá um convite num envelope preto. Com o mesmo virado para baixo, ela começou a arrastar o papel pela mesa, na direção de Nari, mas parando no meio do caminho. Retirou a mão para que Nari ficasse tentada e disse.

- Eu tenho o meio de voce entrar nessa festa e conseguir sua história…
- E caso Nari tentasse pegar o convite, ela prenderia o mesmo com a ponta do dedo indicador.  - Com algumas condições...Está interessada em ouvi-las?


Starry Night
Capa perfil : Nari: 02. Agreement - Página 2 C475e03b0512944f045a2c72a39e7279
Frase : Do whatever you want, even if you’re mean and you make me sad. You need to be yourself, even if I'm not feeling well and it's sad ending
Estado Civil : Solteiro (a)
Idade : 27
Gif : Nari: 02. Agreement - Página 2 MT5Li6t
Apelido : Narrador
Jogo : Starry Night
Mensagens : 545
Avatar perfil : Nari: 02. Agreement - Página 2 HdDMEXv
Cabeçalho posts : https://i.imgur.com/mT5Li6t.gif
Ver perfil do usuário
Starry Night

Voltar ao Topo Ir em baixo

15 de outubro
They tell me you’d never give it up Like the song that was soul singing in your head So honey please don’t let go Or you’ll fall into the dead of night —————— wearing

you'd better learn to fly

Determinação. — Concordou. Início, fim. Era tudo… determinação.

Era impossível não ficar também ela com uma expressão mais entretida quando observava as suas reações, contrariando um pouco a desconfiança inicial. A conversa estava boa, o suficiente para reduzir o impacto daquele lugar.

Mas não o suficiente para reduzir o impacto daquela mulher.

Park Nari podia ser muitas coisas, mas não era burra — só quando queria. Havia um visível ajuste de comportamento, pois sabia que naquele momento precisava. Estava sempre a perseguir celebridades, mas agora era diferente. Agora era ela que era “perseguida”.

O que queria dizer que havia um motivo. Um bom motivo, certamente.

Pelo menos, não era… insuportável. Tudo começou bem, mesmo estando ali “fora de lugar”. Um pequeno brinde, sorrisos, um falso momento de “felicidade”. Quase pareciam amigos, mas estavam longe disso. Nari limitou-se ao brinde e decidiu não beber, porque, novamente, não era tão burra ao ponto de fazer isso no dia em que voltava ao trabalho depois de suspensão. Seria o auge.

Tudo bem, isto é, até chegar àquele pedido. Não, obviamente não tinha escolha senão entregar o celular.

”Podia ser pior”, pensou.

Então ficou pior.

Um detetor de metais? Sério? Não era ela a convidada de honra (ou talvez não chegasse a isso)? As coisas que ela fazia por… dinheiro? Estatuto? O que é que aquilo lhe ia trazer? Era bom que valesse a pena, ou alguém ia ganhar um lugar na sua listinha negra. Enquanto passava pelo detetor de metais, o seu olhar passou brevemente pelo Sr. Yoo, antes de se fixar na Park, retribuindo a encarada sem desviar mais. Analisando aquele par de olhos negros. A expressão completamente neutra. Em parte, descontraída por saber que nada tinha a esconder.

Que momento tão… confortável.

Por pouco não soltou um “é tudo?”, a atriz retomou o assunto antes disso, ignorando aquele assunto incómodo. — Duas das minhas coisas favoritas nesse mundo. — Retrucou. O sorriso era refletido no seu rosto. Pareciam ter interesses comuns. Yoo Rim logo passou a explicar-se. Ela parecia entender e partilhar alguns pontos de vista. Acenou automaticamente com a cabeça, mostrando que ouvia, e esperando que continuasse para perceber a conclusão.

Tinha razão… uma história deixava de ser absurda a partir do momento em que alguém acreditava. Bastava.

Os olhos semicerravam-se com aquela conversa de noite sem limites… estranhando. Seria verdade, ou estava a brincar com a sua cara? No entanto, o sorriso foi imediato quando a chamou de “pesadelo”. Não considerava, de todo, um insulto. Verdade seja dita, até se sentiu elogiada. Pois aquilo implicava… impacto. E quem é que não gosta de ter impacto?

Esse deve ser um dos melhores elogios que já recebi… estou lisonjeada.

História de perseverança… agora era isso que se tinha tornado? Apoiou uma mão na bochecha — não de forma relaxada ou descuidada, dá licença, era graciosa — e piscou lentamente os olhos. — Todos temos de fazer os nossos sacrifícios, em nome do sucesso. — Comentou. — Certamente. — Era sempre sobre o risco. Aqueles dois provavelmente já deviam saber que ela não tinha muito medo de arriscar. — Quão rica? — Perguntou enquanto ela mexia na bolsa. — Então, para eu ver se percebi, você está a dizer-me que a vossa classe tem uma noite de purga? — Conteve um riso, pois agora ela tinha um envelope em mãos e não queria que ele voltasse para dentro da bolsa.

Estava muito bem ali, em cima da mesa. A aproximar-se aos poucos da curiosa jornalista. Pousou a ponta do dedo do meio e indicador em cima da mesa, mantendo a mão no ar. Pronta para tocar no envelope, embora não de imediato. Os dedos aproximaram-se até ficar com o papel abaixo dos mesmos.

A tentação…

Mas claro, primeiro, as condições. O que é que Park Yoo Rim queria com aquilo? Os dois dedos bateram na mesa, negando e despedindo-se da tentação, antes de afastar a mão, para amparar o queixo. — Muito. Nada vem de graça, não é? — Nada a não ser uma família já bem sucedida, mas… detalhes. Detalhes para outra altura. — Por favor continue. Pergunto-me o que é que você tem a ganhar com tudo isto… porque está a alimentar pesadelos. — Detalhes para agora.
Park Nari
Capa perfil : Nari: 02. Agreement - Página 2 R5D215v
Frase : If you wanna save me, save me. The dream inside of me, I know what I want
Estado Civil : Solteiro (a)
Idade : 25
Gif : Nari: 02. Agreement - Página 2 Tumblr_p435yoxGJa1wr97lao5_250
Apelido : Ross
Jogo : Repórter da Pigeon
Mensagens : 51
Avatar perfil : Nari: 02. Agreement - Página 2 Tumblr_p435yoxGJa1wr97lao2_250
Cabeçalho posts : https://i.imgur.com/Cldx3Dt.png
Ver perfil do usuáriohttp://elysium-fields.forumeiros.com/t284-nari-ficha
Starry Night

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nari

15 de Outubro de 2018.

Yoo Rim não respondeu as perguntas de Nari de imediato porque não tinha terminado de falar. Ao invés de saciar suas dúvidas, ela lançava olhares e sorrisos enigmáticos, aumentando o suspense...atiçando aquela terrível curiosidade que, quase sempre, colocava a jovem Park em apuros.

Havia um envelope que era mais do que um mero papel impresso.

Era uma chave em formato de convite.

O mesmo foi colocado sobre a mesa e com certa maldade, a atriz brincou como os anseios da jornalista. Queria saber, primeiro, se ela estava interessada em ouvir suas condições. - Ne...Nada vem de graça nessa vida... - Tombou um pouco a cabeça para o lado, quase dócil enquanto mantinha o convite fixo a mesa, sem deixar que Nari o pegasse. - Minha condição é que além da sua história, voce não apenas danifique a imagem..Não, não, eu não quero uma pequena mancha. - Mordeu o lábio inferior até que o olhar da verdadeira Park Yoo Rim foi revelado.

Nari: 02. Agreement - Página 2 5a821faeb708c653e32fb302215c830d

Visceral e sem limites a ponto de ser um pouco cruel.

- Eu quero que destrua a imagem de duas pessoas. Uma delas é alguém que vem me incomodando há muito tempo, mas nunca consigo achar uma brecha para derrubá-la. Apenas indícios. - Umedeceu o lábio inferior com a ponta da língua. - A outra é uma passarinha novata que está colocando suas asinhas de fora. Eu gostaria que a reputação delas sofresse uma derrocada vertiginosa, sem chances de retorno. E acho que você é a pessoa certa para fazer isso, não? Aquele menino que morreu… - Forçou a mente, como se fosse muito difícil de lembrar. - Wonho? Ele está valendo mais agora que morreu do que quando vivo. Soube que foram suas fotos também que ajudaram com a fofoca. Eu quero algo mais impactante do que isso e a essa festa tem o ambiente propício para levar qualquer um ao mais vergonhoso ponto que um ser humano pode chegar.

Sorriu, novamente inocente.

- Os nomes e as fotos delas estão dentro desse convite. E bom, voce quer saber o quão rica pode ficar ahm… - Ponderou. - Já ouviu dizer que algumas coisas valem mais quando são um segredo? Talvez seja um tanto arriscado colocar para o público, mas com certeza algumas pessoas pagariam alto pelo seu conteúdo simplesmente para deletá-lo. O suficiente para que você viva confortavelmente até a aposentadoria. E se expor essas duas, como eu estou pedindo, você terá a proteção de minha família e o caminho aberto como âncora do jornal local. Isso só para começar, pois minha gratidão será gigantesca. O que me diz? Essa proposta merece um novo brinde?

Sua taça já estava para o fim, mas ela se serviria com mais uma dose para que pudessem brindar. No entanto, antes, ela permitiria que Nari digerisse aquela torrente de informações e visse os nomes e rostos que estavam dentro do convite - ou o convite em si. Num papel preto e numa folha cara, numa tipografia bem bonita, havia o convite para o Scary Night, num dos hotéis mais famosos de Gangnam. Havia uma casa noturna em seu subsolo que teria suas portas abertas exclusivamente para aquela festa.

Como a imprensa nunca soube disso antes, era um mistério. Provavelmente eram os “cala boca monetário” que Yoo Rim estava se referindo. E agora ela, uma mera mortal, tinha a oportunidade de ouro de cruzar os limites da realidade com fantasia e se entregar naquele mundo.

Os alvos de Park Yoo Rim nem precisavam dos nomes para que Nari reconhecesse. Os rostos eram extremamente familiares: uma atriz veterana cujo pai ainda hoje era considerado um ícone das telenovelas, mesmo após tantos anos de seu falecimentos; e uma atriz em ascensão, recentemente cotadas por muitas marcas e projetos. Lee Soo Jin e Bae Eunhee. Eram esses nomes que deixaram Park Yoo Rim tão incomodada?

Eram nomes fortes, de fato.

E agora que já estava ciente de tudo, Nari também perceberia que não tinha outra resposta além de sim. Na verdade, ela assinou aquela sentença no instante em que aceitou almoçar com eles. O Sr. Yoo não estava mais com aquela expressão convidativa de antes - mais sério e fechado, ele limitava-se a beber de sua taça, sem se manifestar para o que a atriz dizia.

Lançou um último olhar para Nari, mas não deixou que nenhum pensamento fosse revelado por seus olhos.

[Último turno da Nari para que ela, enfim, conclua essa RP :3]


Starry Night
Capa perfil : Nari: 02. Agreement - Página 2 C475e03b0512944f045a2c72a39e7279
Frase : Do whatever you want, even if you’re mean and you make me sad. You need to be yourself, even if I'm not feeling well and it's sad ending
Estado Civil : Solteiro (a)
Idade : 27
Gif : Nari: 02. Agreement - Página 2 MT5Li6t
Apelido : Narrador
Jogo : Starry Night
Mensagens : 545
Avatar perfil : Nari: 02. Agreement - Página 2 HdDMEXv
Cabeçalho posts : https://i.imgur.com/mT5Li6t.gif
Ver perfil do usuário
Starry Night

Voltar ao Topo Ir em baixo

15 de outubro
They tell me you’d never give it up Like the song that was soul singing in your head So honey please don’t let go Or you’ll fall into the dead of night —————— wearing

you'd better learn to fly

Yoo Rim era uma pessoa… interessante. Podia ser também das influências da sua família, mas a jornalista achava curioso a sua forma de ser, de falar, os seus desejos… Quem diria que ia encontrar uma cúmplice. Não uma aliada, não uma parceira, apenas uma relação simbiótica na qual ambas tinham a ganhar. A ideia agradava. Muito.

Eu também não quero uma pequena mancha...

Não era crueldade. Não para ela. Era apenas… um bom negócio.

Algo em que podiam concordar. Nem sequer sabia o que a motivava a querer arruinar a reputação das duas, se havia algo em específico, mas francamente, importava?

Não… assim como Wonho não tinha importado. Ela ao menos tinha conseguido mostrar algo. Não desejava nada de mal a ele.

Pelo menos… não tinha importado na altura.

As coisas tinham mudado um pouco desde então. E agora ouvia-a falar aquilo assim… o que dizia revelava muito dela própria. Até Nari lamentava o que tinha acontecido com o pobre garoto, mesmo não se arrependendo de fazer o seu trabalho…

A atriz continuou a explicar. Tudo naquela proposta era do seu agrado. Era tudo o que queria. Francamente, um sonho tornado realidade. Tinha motivos para recusar? Não... Pelo contrário, seria ridículo fazê-lo.

Agora sim estou a gostar do assunto… um último brinde, com certeza. Vamos oficializar o nosso acordo. — Concordou, oficializando. Os nomes seriam, então, divulgados. Assim como o convite. Tudo muito bem ponderado… regras bem específicas. Ela era exatamente o tipo de pessoa que não devia sequer desconfiar de algo assim. Adorava.

Era tudo um grande mistério. Um segredo muito bem mantido.

E… uma oportunidade de ouro.

Agora precisava urgentemente de descobrir o que se passava na noite sem regras, só segredo. Dizer que a sua curiosidade tinha sido aguçadíssima era pouco. Os nomes das duas atrizes eram já conhecidos, especialmente Lee Soo Jin. Era um nome com impacto… Restava escavar. Pela verdade, ou apenas pela meia verdade. Como a outra tinha dito… o que importava era que as pessoas acreditassem nos rumores. Pois mesmo um rumor bastava para arruinar uma pessoa.

Perguntava-se se Yoo Rim se sentia ameaçada por elas, apenas por graça. Tanto lhe fazia. — Eu tenho algum prazo para isso? E se eu não expor as duas? Ou nenhuma? — Ponderou. — Não que isso vá acontecer, mas… eu devia saber todos os termos da sua proposta, não é? — Ergueu uma sobrancelha, lançando um olhar aos dois. Não duvidava das suas próprias habilidades… mas agora era mais um encargo — não que ela se importasse de abdicar um pouco de sono por algo assim —, e muita investigação.



Eram nomes grandes… e a queda precisava de ser maior ainda.
Park Nari
Capa perfil : Nari: 02. Agreement - Página 2 R5D215v
Frase : If you wanna save me, save me. The dream inside of me, I know what I want
Estado Civil : Solteiro (a)
Idade : 25
Gif : Nari: 02. Agreement - Página 2 Tumblr_p435yoxGJa1wr97lao5_250
Apelido : Ross
Jogo : Repórter da Pigeon
Mensagens : 51
Avatar perfil : Nari: 02. Agreement - Página 2 Tumblr_p435yoxGJa1wr97lao2_250
Cabeçalho posts : https://i.imgur.com/Cldx3Dt.png
Ver perfil do usuáriohttp://elysium-fields.forumeiros.com/t284-nari-ficha
Starry Night

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nari

Distribuição de XP

Huhuhuhuuh...Bad bad girl, Park Nari!

Essa RP serviu mais para dar um parametro geral do que rolou com a Nari entre o acidente e o Scary Night. Algumas coisas saíram do que eu planejava (quando não, né? xD), mas sempre para melhor.

Temos muito material aqui, queridinha u,u e a Nari é uma das coisas mais deliciosas dessa vida. Insuportavelmente irresistível. Eu adoro o jeito confortável que voce escreve com ela e como flui rápido.

Ganhou os 2 pontos de XP.

E eu não vou mudar nada na ficha porque como vamos ter o salto temporal e algumas mudanças que voces poderão fazer, não vou mexer em nenhuma vírgula agora.


Starry Night
Capa perfil : Nari: 02. Agreement - Página 2 C475e03b0512944f045a2c72a39e7279
Frase : Do whatever you want, even if you’re mean and you make me sad. You need to be yourself, even if I'm not feeling well and it's sad ending
Estado Civil : Solteiro (a)
Idade : 27
Gif : Nari: 02. Agreement - Página 2 MT5Li6t
Apelido : Narrador
Jogo : Starry Night
Mensagens : 545
Avatar perfil : Nari: 02. Agreement - Página 2 HdDMEXv
Cabeçalho posts : https://i.imgur.com/mT5Li6t.gif
Ver perfil do usuário
Starry Night

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nari: 02. Agreement - Página 2 Grey-wallpaper-miscellaneous_dark_loneliness_grey
Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum